Resenha #19 – Amor em Jogo (Simone Elkeles)

Amor em Jogo

Título: Amor em Jogo (Amor em Jogo #1)
Páginas: 360
Ano: 2014
Editora: Globo Livros
Autor: Simone Elkeles

Sinopse:

Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também… Irresistível. Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. A vida não tinha mesmo como ficar pior… Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual. Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Agora, ele se vê preso a uma casa estranha, com pessoas que não conhece e em uma cidade bem diferente do que está acostumado. O que ele não esperava era que aquela garota briguenta e fã de junk food seria capaz de mexer tanto com seus sentimentos. Ainda mais ele, tão acostumado a descartar meninas por aí. Para azar – ou sorte!? – de Ashtyn e Derek, o destino ainda guarda mais uma reviravolta na manga. Mesmo com hábitos, ideias e sonhos completamente opostos, um desejo incontrolável surge entre os dois e, juntos, eles enfrentarão o desafio de vencer os preconceitos e os tabus da cidade em que vivem, além de seus próprios medos, para se entregarem completamente a uma paixão avassaladora. 

Anúncios

Resenha

Derek Fitzpatrick tem sua vida transformada completamente quando é expulso do colégio interno em que estudava na Califórnia por entrar em confusão com alguns amigos. Ele mora com seu pai, que trabalha para a Marinha, mas que ficará ausente por 6 meses. Sendo assim, o menino e a madrasta se mudam para Chicago, onde a família da esposa de seu pai mora, para recomeçarem e, de certa forma, criar algum juízo na cabeça do garoto. Porém, o que ele não esperava era ter que conviver com outras pessoas que não o agradam de primeira.

Acho que ter esperança é melhor do que desistir e pensar que a vida vai ser uma droga para sempre.

Como é o caso de Ashtyn Parker, irmã de sua madrasta. Ashtyn é a estrela do time de futebol americano masculino de sua escola. Isso mesmo. Seu sonho é ganhar uma bolsa de estudos na universidade devido a esse seu talento peculiar. E, por ter sofrido uma rejeição de sua própria mãe e ser completamente ignorada pelo pai, a menina se torna uma pessoa determinada, decidida e durona. Apesar disso, namorar o quarterback do time é algo que torna sua vida um conto de fadas, além de ser uma boa aluna e ter amigos verdadeiros com quem pode contar.

Todo mundo tem um propósito na vida, ele me disse uma vez. Encontrar o seu é crucial para saber quem você é e o que você quer ser.

Entretanto, Ash vê sua vida desandar quando acaba conhecendo Derek e descobrindo que terão que dividir um mesmo teto. Enquanto a garota se estressa com as atitudes de seu “sobrinho” e desenvolve um ódio à primeira vista por ele, Derek acaba começando a gostar do jeito sarcástico de Ashtyn. E, no meio de tudo isso, ela descobre que sua vida não é tão perfeita quanto ela imaginava. Além disso, percebe que a ajuda vem de quem ela menos espera…

Só porque você pode lidar com merda sozinha não significa que você precise fazer isso..

Por ter que lidar com dramas familiares desde muito nova, a garota desenvolve um certo tipo de bloqueio emocional. Mas Derek também teve uma vida difícil e complicada, depois de ver um sonho deixando de existir bem na sua frente. Nesse sentido, Ash e Derek, completamente opostos, vivem em pé de guerra por um tempo. Até, claro, descobrirem que têm muito mais em comum do que podem sequer pensar. Essa ligação, talvez, seja tudo o que os dois precisam para superarem os medos, as angústias e os problemas causados pelo passado.

Opinião

Um dos motivos que me fez gostar muito desse livro foi a personagem feminina nutrir um amor avassalador pelo futebol. Ver o esporte como um ponto muito importante de sua vida, sendo capaz de tornar tudo mais fácil de lidar, gerou um quentinho no meu coração. A atração e química que Ash e Derek demonstram sentir um pelo outro também é incrível. Além de serem completamente diferentes um do outro, alguns empecilhos fazem com que o romance seja “proibido”. É impossível não devorar a história em poucas horas.

Esse livro foi um dos primeiros young adult que eu li e a primeira obra da Simone Elkeles que eu tive contato. Posso dizer, com toda a certeza, que é um dos meus livros favoritos da vida! Ele é um clichê, obviamente, mas é tão encantador. Você observa, através das páginas, a relação de amizade que os personagens criam, mesmo que logo de cara eles sintam um certo “ódio” um pelo outro. Por serem novos de mais e na época que eu li ter quase a mesma idade que eles, foi perfeito para que eu conseguisse me sentir na pele deles. Grande parte disso é creditada à escrita da autora ser muito boa. Maravilhoso!

Avaliação

Avaliação: 5 de 5.

+ 💜

Compre o livro na Amazon!


Gosta das nossas postagens? Então, ajude-nos a manter o site no ar. Você pode contribuir com qualquer valor!

Doe

Compre nosso livro na Amazon!

Jogando com o Acaso

Anúncios

Escrito por

Contadora, tem 23 anos e é carioca da gema. Tem o Sol em Leão, mas seu jeito sentimental vem da Lua em Peixes. Gosta de todos os gêneros possíveis – menos terror – e se considera uma bookaholic raíz. Grifinória de natureza, não dispensa uma ousadia de vez em quando. Ainda que tenha mais facilidade e, de certa forma, prefira os números às palavras, ama escrever. Ninguém resiste a um bom romance, não é mesmo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s