Resenha #12 – Um Caso Perdido – Hopeless #1 (Colleen Hoover)

Um Caso Perdido

Título: Um Caso Perdido (Hopeless #1)
Páginas: 384
Ano: 2014
Editora: Galera Record
Autor: Colleen Hoover

Sinopse:

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras… Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

Anúncios

Resenha

Sky tem 17 anos e, de fato, não conhece sua família biológica. Ela vive com a mãe adotiva, chamada de Karen, que, de certa forma, é contra tecnologias. Além disso, por conta das crenças de Karen, Sky passa a vida toda estudando em casa, sem ter contato com outros jovens de sua idade no ambiente escolar. Ela simplesmente não sabe o que é ir para escola, interagir com colegas de classe ou professores. Sua vida é ficar dentro de casa alheia aos acontecimentos, uma vez que não tem acesso à informação que corre solta na internet. Até que no último ano do Ensino Médio, isso muda. Six, sua melhor amiga e vizinha, enfim, consegue convencê-la, assim como Karen, de conhecer o mundo além das quatro paredes.

Não existe nada como a culpa que sentimos quando percebemos que nosso próprio coração é capaz de amar o mal.

Ainda que não saiba o que é ir a um colégio ou usar direito um aparelho celular, a garota não vive em cárcere privado nem nada do tipo. Ela é até bem social para uma pessoa que vive assim. Visto isso, em um dia no supermercado, ela acaba conhecendo Holder, um menino que, de acordo com os alunos do colégio onde estudam, não passa de um babaca, sem noção e agressor. No entanto, com o passar do tempo, eles constroem uma ligação, difícil de explicar e de quebrar. Parece algo de outras vidas, sabe? E, conforme eles ficam cada vez mais próximos, se torna, consequentemente, mais complicado ainda de resistir ao sentimento que brota entre eles. Sky, que nunca se apaixonou por ninguém antes, agora, tem certeza de que conheceu o amor.

É o que acontece quando duas pessoas viram uma só: elas passam a compartilhar mais do que amor. Também compartilham todo o sofrimento, mágoa, dor e aflição.

Mas, aparentemente, há muita coisa por trás sobre o passado de ambos. Sky não conseguem entender o porquê de sua mãe privá-la de tanta coisa, e, com a ajuda de Holder, ela passa a se questionar mais ainda sobre isso. Afinal, tem que haver alguma coisa por trás disso. Já Holder, também esconde algo, visto que ele perdeu a irmã ainda novo e não se abre tanto. Juntos, eles fortificam a ligação com o passado e se mostram, cada vez mais, dispostos ao que aquele relacionamento pode favorecer.

As coisas que nos derrubam na vida são testes, e esses testes nos forçam a escolher entre desistir, ficar caída no chão ou sacudir a poeira e se levantar com mais firmeza que antes.

Um Caso Perdido, por sua vez, é um livro que fala sobre amor, sim, mas também sobre amizade, superação, coragem e, ainda que não pareça, esperança que o tempo e a verdade ajudam a curar tudo. Lógico, não dá para mudar da noite para o dia, mas com aquela pessoa especial ao lado, a pessoa é capaz de ter outra perspectiva. Portanto, a relação de Sky e Holder é construída de pouco em pouco e, nos mínimos detalhes, se torna algo lindo de se apreciar, pois reflete as dificuldades que a vida, eventualmente, pode ter, bem como situações em que os gatilhos são inevitáveis e estão presentes.

Opinião

Bom, eu gostei do livro desde o início e não consegui me desapegar. Os diálogos são muito bem construídos, o que te instiga a querer sempre mais e mais daquela história. Não é um simples romance, tem muita coisa por trás. Com o passar das páginas, então, eu comecei a questionar algumas situações e até desconfiar de certos personagens, logo, estava meio que preparada. Porém, as revelações me surpreenderam real. Eu fiquei simplesmente chocada e grata por estar conhecendo mais um enredo incrível da Colleen.

Recomendaria de olhos fechados essa obra, mas, conscientemente, não dá para fazer isso com todos, já que há certos gatilhos e situações bem pesadas que podem ser prejudiciais às pessoas. Sendo assim, com a resenha e essa parte de opinião, quis mostrar um pouco sobre o geral desse livro que me fisgou. Entretanto, ressalto que pode não funcionar para outros leitores, muito pelo que o volume traz de partes “nojentas”, vamos assim dizer.

Avaliação

Avaliação: 5 de 5.

+ 💜

Compre o livro na Amazon


Gosta das nossas postagens? Então, ajude-nos a manter o site no ar. Você pode contribuir com qualquer valor!

Doe

Compre nosso livro na Amazon!

Jogando com o Acaso

Anúncios

Escrito por

É nascida e criada no Rio de Janeiro, tem 24 anos e é formada em Jornalismo. Atualmente, trabalha como redatora de conteúdo e revisora de textos. Ama os animais, música, mídias sociais e escrita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s