Resenha #10 – Vergonha (Brittainy C. Cherry)

Vergonha

Título: Vergonha
Páginas: 420
Ano: 2019
Editora: Record
Autor: Brittainy C. Cherry

Sinopse:

Um amor inesperado que surge de forma inusitada e arrebata a vida de Grace Harris. Grace Harris está perdida e sozinha em sua casa em Atlanta depois que o homem que ela pensou que ficaria a seu lado pelo resto da vida traiu sua confiança, partiu seu coração e saiu de casa, deixando seu casamento em suspenso. Grace resolve, então, passar o verão com a família em Chester, sua cidade natal, para respirar, dar um tempo de tudo. Sua vida está uma bagunça e o que ela precisa no momento é de um pouco de gentileza e compaixão. Por incrível que pareça, Grace encontra isso na pessoa mais improvável de todas: Jackson Emery, a ovelha negra da cidade. Conhecido como a erva daninha de Chester, ele é sinônimo de encrenca, e não faz nada para mudar essa imagem. Tendo perdido na infância o que havia de mais valioso na vida, Jackson se tornou um homem amargurado e não dá a mínima para o que pensam dele. Os caminhos de Grace e Jackson acabam se cruzando de um jeito inusitado e a tristeza profunda que carregam atrai os dois como ímã. Ambos sabem que não foram feitos um para o outro, mas, como tudo vai acabar mesmo com o fim do verão, resolvem deixar rolar e se entregar a uma diversão passageira. Porém, o que Grace não imaginava é que seu coração, já destroçado, seria obrigado a aprender que certos relacionamentos são capazes de causar dores muito profundas, e que é sempre preciso fazer uma escolha.

Anúncios

Após 15 anos de relacionamento, o marido de Grace Harris, o Finn, decide dar um tempo no casamento, julgando não aguentar mais a esposa o afastando emocionalmente. Oito meses sem se verem, os dois acabam se reencontrando para vender a antiga casa em que eles passaram diversos momentos bons e ruins, inclusive nas vezes em que a mulher perdeu seus bebês. Finn, nesse tempo em que estavam afastados, passou a morar novamente na antiga cidade onde eles se conheceram, em Chester, interior da Georgia, devido ao seu trabalho como médico no hospital.

O amor era uma emoção desordenada que não caminhava em linha reta. Ele funcionava em ondas e giros e subidas e descidas. Era uma emoção louca que, de algum modo, ainda existia no meio de tanto desgosto e traição.

Sem ter para onde ir, Grace decide passar o verão com a família no mesmo lugar onde seu ex-marido está. Porém, o que ela não esperava, era descobrir, assim que chegasse, que sua melhor amiga está de caso com Finn esse tempo todo, antes mesmo deles terem terminado. No entanto, nesse meio-tempo, o carro de Grace apresenta defeitos e ela é obrigada a levá-lo ao único local que conserta veículos na cidade: na oficina em que Jackson Emery trabalha.

Ela não é você. Ela nunca vai ser você, e eles não podem roubar o seu final feliz. Isso é seu e só seu. Só porque ele não chegou do jeito que você pensou que seria não significa que seu final feliz não esteja a caminho.

Por outro lado, Jackson é o bad boy da cidadezinha, conhecido por todos como filho do monstro alcóolatra de Chester e maior destruidor e solucionador de casamentos. Praticamente, todas as mulheres sonham em se aventurar com o garoto de 24 anos, que teve uma infância super difícil e é odiado pelo restante dos moradores. Jackson usa as relações casuais como uma forma de esquecer os problemas e garantir com que ele não se entregue às drogas novamente.

Você vai ter que decepcionar algumas pessoas para conseguir se encontrar.

Entretanto, o que ele não imaginava era que logo a filha do pastor fosse procurá-lo pedindo ajuda para superar a traição de seu ex-marido e sua ex melhor amiga. E, apesar de Jackson ser um grosseiro e um idiota com Grace assim que os dois se conheceram, eles acabam encontrando um no outro a possibilidade de se curarem dos traumas e dificuldades que enfrentaram ao longo da vida. Mas, para isso, precisam passar por cima de suas famílias, que se odeiam.

Opinião

Sou suspeita pra falar dos livros da Brittainy, mas esse em especial conquistou o meu coração. Antes mesmo de chegar à metade da história, eu já estava com o dedo coçando para favoritá-lo. Acho que Vergonha me fez sentir o que os personagens sentiam. Grace e Jackson passaram a vida toda tentando esconder quem eles realmente eram. Seja por causa da própria família, dos amigos ou de conhecidos, eles precisaram se encontrar, se conectar, para descobrirem que eles são muito mais do que os outros rotulam. E tá tudo bem você ser diferente e imperfeito.

Sério, se eu for ficar contando tudo de bom que identifiquei nesse livro, só vou parar amanhã. Então, vou resumir: perfeição! Tanto o desenvolvimento dos personagens principais quanto o enredo em si, foram muito bem construídos. Acho que um ponto que me surpreendeu ainda mais foi que, para passar os verdadeiros sentimentos do Jackson e da Grace, a autora não precisou forçar os diálogos. Lógico que em alguns momentos as falas foram um pouco além da realidade, mas aconteceram na medida certa e cumprindo o principal objetivo que era transparecer a emoção real.

Avaliação

Avaliação: 5 de 5.

+ 💜

Compre o livro na Amazon!


Gosta das nossas postagens? Então, ajude-nos a manter o site no ar. Você pode contribuir com qualquer valor!

Doe

Compre nosso livro na Amazon!

Jogando com o Acaso

Anúncios

Escrito por

Contadora, tem 23 anos e é carioca da gema. Tem o Sol em Leão, mas seu jeito sentimental vem da Lua em Peixes. Gosta de todos os gêneros possíveis – menos terror – e se considera uma bookaholic raíz. Grifinória de natureza, não dispensa uma ousadia de vez em quando. Ainda que tenha mais facilidade e, de certa forma, prefira os números às palavras, ama escrever. Ninguém resiste a um bom romance, não é mesmo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s